20 de julho de 2020

OAPS e a produção de conhecimento para o combate ao novo coronavírus (COVID-19)

Autor: Eixo de pesquisa Mídia e Saúde


Atualização em 10.09.2020

 

Os 12 eixos de pesquisa do Observatório de Análise Política em Saúde (OAPS) têm contribuído, em diversas frentes, para redução das lacunas de informação e conhecimento sobre a Covid-19 (confira aqui publicações e links sobre a pandemia). Nas próximas semanas, esta página reunirá os relatos produzidos pelo eixo Mídia e Saúde sobre a contribuição de cada eixo de pesquisa do Oaps para o conhecimento acerca do curso da pandemia e das ações de controle realizadas no país.

 

 - > Confira o novo relato sobre o eixo Acompanhamento das Decisões Judiciais Relativas à Saúde

 

-> Análise de Políticas de Saúde voltadas para a Infância

-> Mídia e Saúde

-> Análise de Políticas de Saúde Bucal no Brasil

-> Medicamentos, Sangue, Assistência Farmacêutica e Vigilância Sanitária

 - > Estudos e Pesquisas em Atenção Primária e Promoção da Saúde

 - > Trabalho e Educação na Saúde

 - > Modelos de Gestão Hospitalar no SUS

 -> Eixo Análise Sócio-histórica de Políticas de Saúde

 - > Eixo Análise do Processo da Reforma Sanitária Brasileira

 

Cabe destacar que um projeto de pesquisa elaborado por pesquisadores/as de diversos eixos do OAPS foi apresentado à “Chamada MCTIC/CNPq/FNDCT/MS/SCTIE/Decit Nº 07/2020 – Pesquisas para enfrentamento da COVID19, suas consequências e outras síndromes respiratórias agudas graves”, tendo sido aprovado. Esse projeto adota a concepção de vigilância em saúde construída no Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA) nas últimas três décadas, e contempla vários subprojetos voltados à análise de modelos, estratégias e ações de vigilância no âmbito da atenção primária, assistência especializada e hospitalar, proteção à saúde dos trabalhadores e comunicação social no contexto da pandemia em diferentes níveis de organização e gestão do SUS, bem como análises comparadas das estratégias de enfrentamento da pandemia em diversos sistemas de saúde com base na revisão bibliográfica da literatura internacional



549 views
comentários
compartilhar

Não existem comentários!

Postar um comentário


Antes de postar, por favor, leia nossos termos de uso.




Li e concordo com os termos de uso.

Termos de uso para publicação de comentários nos sites do OAPS e CDV


Estes são os termos de uso que orientam nossa relação no site Análise Política em Saúde, especialmente no espaço destinado a comentários. A leitura destas diretrizes é fundamental para compreensão da proposta deste espaço de discussão.


O espaço para comentários está destinado exclusivamente ao compartilhamento de informações, experiências e dúvidas, além de análises e reflexões críticas sobre temas relacionados ao objeto do Projeto Análise de Políticas de Saúde no Brasil (2013-2017), conforme disposto em documento disponível para consulta e download aqui http://www.analisepoliticaemsaude.org/oaps/quem-somos/apresentacao.

Todos os comentários passam por um processo de moderação antes da publicação com o objetivo de verificar a adequação aos seguintes termos de uso:

Não serão permitidos comentários que divulguem ou incentivem a) ações ou ideias discriminatórias em razão de raça, gênero, orientação sexual, religião, crença, deficiência, etnia, nacionalidade ou condição social; b) desrespeito à Legislação Brasileira; c) assédio, perseguição, ameaças, intimidações ou chantagem a terceiros; d) spams, conteúdos promocionais e mensagens com fins comerciais ou publicitários; e) materiais com vírus, dados corrompidos, ou qualquer outro elemento nocivo ou danoso; f) violação de propriedade intelectual ou industrial de terceiros. São expressamente proibidos comentários com palavrões ou qualquer tipo de linguagem ofensiva e/ou obscena.

Instituto de Saúde Coletiva • Universidade Federal da Bahia • Rua Basílio da Gama, s/n • Campus Universitário do Canela • 40.110-040 • Salvador-Bahia • +55 71 3283-7441 / 3283-7442
© 2020 Observatório de Análise Política em Saúde. Todos os direitos reservados.